A Coragem de Ser Você – Mensagem Terapêutica

Ser  você mesmo, ouvir a sua voz interior quando tudo parece perdido? Este pode ser o melhor conselho para aqueles momentos mais desafiadores. Os desafios não surgem por acaso. Surgem muitas vezes pela necessidade de mudança. E para mudar é preciso uma boa dose de coragem.

A Coragem, é como uma semente lançada ao solo. Ela não sabe o que enfrentará, se chegará a ser alguma coisa além de uma semente. Muitas poderão ser as adversidades até que possa ultrapassar a sua condição de semente. Mas, se pensasse nisso, será que iniciaria a sua Jornada? E ao final das contas, não valeria a pena transformar-se em uma bela e perfumada flor?

Em seu caminho não há muitas perspectivas ou grandes metas e planos. Ela apenas vai “sendo o que pode ser” a medida que o tempo passa. Vento forte, chuva refrescante, ar seco, brisa suave. Passe pelo que passar, estará sempre buscando a luz, seguindo para cima, em direção ao sol para crescer e evoluir. É… chega um momento em que não há escolha para a semente, a não ser buscar a luz.

Conosco acontece o mesmo.  Em nossa Jornada de Vida, sempre há aquele momento em que nos sentimos vazios ou perdidos e “buscar a luz” não é mais uma escolha, é o caminho natural, como faz a semente. Ao longo de uma vida, são condicionamentos, concessões diversas para alcançar alguma coisa importante ou para garantirmos o amor do outro. Todo aquele modo de agir, pensar e sentir limitados que nos levam para longe da NOSSA VERDADE. Passamos a ser mais um no mundo.

Pense um pouco em um leão entre as ovelhas. O leão move-se sozinho, tem a sua própria individualidade. As ovelhas seguem em rebanho. Há uma parte de nós que deseja seguir como o leão, explorando por nós mesmos o mundo a nossa volta, à nossa maneira. Mas, por outro lado, ao seguirmos como ovelhas em um rebanho podemos nos sentir protegidos e seguros, estamos ali tão iguais e tão tranquilos. A esperança é que deste modo, possamos alcançar o aconchego. Afinal, não estamos mais sós. É assim que nos sentimos em meio à multidão, é muito mais fácil se encaixar e ser aceito desta maneira, não é mesmo?

O fato é que todos nós nascemos leões, mas com o tempo aprendemos a nos comportar como ovelhas. A imagem que temos de nós mesmos, na maioria das vezes, não representa realmente quem verdadeiramente somos, porque está amparada na opinião de outras pessoas. Um leão que convive entre as ovelhas passa a acreditar que é uma ovelha. Não se reconhece mais,  não sabe mais quem é! Não tem sua individualidade!

Comparativamente, na vida, se os seus negócios, seus relacionamentos vão bem, você está bem. Se algo foge ao esperado, se não alcançamos aquilo que planejamos, estamos perdidos. Muitos castelos se desmoronam desta forma. Nos sentimos perdidos do rebanho? E o que será de nós? Ou seria uma benção se perder?

Mesmo antes do castelo desmoronar, quando as rachaduras começam a aparecer, alguns sinais se mostram. São aqueles, às vezes breves, as vezes mais intensos momentos que vida vai se mostrando sem graça. Já não sabemos mais o que fazemos e porque fazemos. E com o tempo, achamos que a vida é só isso mesmo. Lutar, resistir, focar, planejar e de vez em quando, relaxar. Mas, e os nossos sonhos reais? E as grandiosas aventuras e experiências que esperam por nós? Se é que nos damos conta de sua existência, achamos que tudo pode esperar, não é mesmo! ? Mas, longe de nossa verdade, cedo ou tarde nos daremos conta que o tal rebanho não nos deixa tão seguros assim.

Lembre-se de despertar o leão que vive dentro de você! Ele é grandioso e aprendeu a ter coragem. Por medo – de não sermos aceitos, de não fazermos a coisa certa, de decepcionar quem amamos, de perder ou deixar de conquistar o poder – é que nos mantemos junto do rebanho, somos o coletivo, a expectativa do mundo. É  verdade que o leão se arrisca sozinho, mas ele também se tornou o rei da selva, justamente porque aprendeu a enfrentar o medo, assim que notou que a aventura valia mais a pena.

Seja corajoso o bastante para se permitir transformar-se na flor que você nasceu para ser.

Medite nessa Mensagem inspirada e baseada nas cartas do Tarô Zen do Osho. Mergulhando nessa Mensagem Terapêutica você se coloca em ressonância com a energia da Mudança e da Coragem – dois aspectos que podem ser fundamentais para serem desenvolvidos agora, neste exato momento de sua vida. Nenhuma Mensagem chega a nós por acaso. Sua Alma pode estar buscando se comunicar com você!

Respire fundo e medite nestas palavras. Para auxiliar em seu processo, feche os seus olhos, pense no leão e invoque a sua força. E diga a si mesmo: “Tão forte, com tanta personalidade, tão corajoso como posso ser agora para transformar tudo aquilo que precisa ser mudado. Tudo está bem agora, tudo está perfeitamente organizado em meu mundo!”. Silencie por alguns instantes, perceba se surge alguma ideia ou insight, agradeça e siga em frente, mas corajoso que quando começou. Acredite no poder e no efeito curativo das Mensagens Terapêuticas.

Um grande abraço,

Natalia Loyola – Terapeuta Intuitiva – Infinitu8Gravatar Infinitu8_200x200

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s