Ambivalência de sentimentos? Saia da caverna! #dia2

Eu nunca senti isso antes!

Ambivalência de sentimentos.

É possível sentir medo e coragem, insegurança e confiança, inquietação e paz, tudo ao mesmo tempo? Eu experimentei todos estes sentimentos ambivalentes e intensos hoje.

Antes de qualquer coisa, eu tenho que dizer que o processo de conexão com a Alma, não precisa ser complexo, nem difícil ou complicado. De fato, qualquer pessoa pode experimentar essa relação mais intensa com a sua Alma.

Como eu explico às pessoas nas Mensagens da Alma, não é necessário nenhuma habilidade especial ou dom para isso. Este processo é natural e acessível a todos. Os ingredientes básicos são: vontade, abertura e atenção. Basta desejar estar em conexão com a sua Alma e ela responderá. Então, se mantenha aberto e atento para os sinais e seus sussurros.

A Alma sempre fala com você ou comigo, mas nós é que não escutamos. Perguntamos, pedimos mas, não silenciamos o suficiente para ouvir as respostas. Por isso, a meditação é importante – ela nos conduz para dentro e para o silêncio.

Tudo é perfeito em nós. Todos temos essa voz interior e não seria justo, somente alguns terem o “mecanismo especial” de ouvir. 

No decorrer da Jornada espero falar mais sobre esses aspectos.

No meu caso, eu já tenho passado algum (bom) tempo aberta a essa conexão. E hoje tive a certeza que se trata de um chamado e uma resposta a um pedido que fiz na Jornada da Cura da Alma.

Uma coisa que eu aprendi com a minha Alma é que devemos pedir o que realmente estamos preparados para receber, para os passos que deverão ser dados, porque uma pergunta ou um pedido ao Universo, à Alma, jamais fica sem resposta.

Então eu decidi – ou intui – que deveria seguir algumas etapas para tornar essa conexão mais intensa. Mas, se você está começando, vá pelo caminho mais simples, seguindo a fórmula vontade+abertura+atenção (e persistência) que certamente sentirá essa presença de sua Alma. Nunca é complicado. No mais, os caminhos serão abertos e as informações chegarão, em forma de um livro, um video, uma pessoa e até esse post (quem sabe?). Confie e tudo dará certo, porque isso não é nada novo para nós, estamos apenas retornando à Fonte e resgatando nossa Luz.

Seguindo esses caminhos propostos pela minha Alma, eu tenho feito mais que as meditações. Eu incluí afirmações, ho’oponopono, exercícios de gratidão, o tarô e a escrita intuitiva. Mas, há quem possa trabalhar com menos ou ainda com ferramentas diferentes. A Alma sabe do que precisamos e até onde podemos ir.

E hoje, através do Tarô tive certeza que esses passos combinados tem sido importantes para me conduzir, cada um deles, onde preciso ir para ter esse encontro maior comigo mesma.

Atualizando as percepções e sensações: Desde ontem tenho sentido uma espécie de redemoinho que percorre todo o corpo por dentro, dos pés a cabeça. Como trabalho com a Cura Quântica e com o Toque Quântico, percebi que se tratava de frequências que estão trabalhando em uma limpeza interna, de crenças e padrões. Uma espécie de alinhamento. Nem todos os pacientes que passam pela Cura Quântica sentem esse movimento, essa sensação no corpo, mas geralmente, ocorre durante as sessões. Ou seja, embora as frequências ainda esteja atuando por dias seguidos, normalmente essa sensação não é perceptível.  Porém, para mim essa sensação tem sido constante, ininterrupta.

Ontem a noite também tive insights sobre o ho’oponopono, mas sobre isso eu vou explicar melhor em um próximo post (possivelmente #dia3) para não ficar longo demais.

Devido a todos estes sentimentos ambivalentes e muito intensos eu também achei bom solicitar uma Mensagem da minha Alma (talvez, você ainda não saiba, mas eu trabalho com a Mensagem da Alma, que é uma carta intuitiva que pode ser associada ou não ao tarô terapêutico que nos ajuda a compreender o que a nossa Alma tem a nos dizer em determinado momento de nossa vida). Foi uma Mensagem muito esclarecedora e me fez entender que deveria parar um pouco para permitir que esse processo de limpeza pudesse atuar melhor.

Por isso, eu desmarquei os compromissos externos do dia. E descansei e trabalhei com as Mensagens. E agora me sinto melhor, com todos estes movimentos suavizados. E o mais interessante é que foi um dia muito bom de trabalho.

Mas, entre tantos acontecimentos que nem consigo incluir nesse post, eu quero compartilhar a carta que tirei no tarô hoje, porque ela sintetizou tudo o que tenho sentido e confirmou a importância dessa Jornada. E algo me diz que também vai envolver você.

O Dois de Paus – Tarô Mitológico. Observe a imagem. Esse arcano fala de Jasão que em meio à escuridão da caverna pode ver Quíron, que lhe revelou que ele tinha uma herança a reinvindicar. Temos então o aventureiro e a meta recém-estabelecida. E um misto entre o nervosismo e o Poder. Ele não sabe como a meta poderá ser alcançada. Sua busca somente surgiu depois que ele empreendeu o primeiro estágio de sua jornada. Mostrando que assim vamos seguindo, um passo de cada vez. Uma ideia leva a outra. A primeira ideia nos impulsiona para fora da caverna  – quando percebemos que podemos ter mais do que temos ou sermos mais do que somos. Essa Jornada para Jasão e para nós, pode indicar os “perigos” desconhecidos que podemos encontrar no caminho e que não há garantias de sucesso, mas ele (e você, e eu) acredita na sua visão o suficiente para tentar e segura firmemente as tochas que simbolizam o fogo da imaginação. Do contrário, ele permaneceria tranquilo (como pode estar sendo a sua vida ou a minha), mas ficaria para sempre reprimido em sua caverna, seguro, mas nunca realizando os potenciais seus por direito.

E termina dizendo que o importante é termos coragem e fé na força criativa invisível que gerou a visão para um novo caminho.

Uma visão, um sussurro da Alma, uma intuição. Se você sente, assim como eu pude sentir, que é hora de se aventurar e seguir em busca de seu despertar, siga os passos, acredite nesse chamado, vá com coragem e fé naquilo que sentiu e saia da caverna.

Com todo o meu amor,

Natalia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s