Consistência – cuidando da vibração #dia6

Pode parecer um exagero mas, estou impressionada com a proporção que determinados eventos têm alcançado em minha vida. Sinto como se tivesse realmente passado por uma grande tempestade, um furacão na verdade! (já que é para não ter medo de exagerar, então vou ser mais precisa). Tem sido reveladora essa jornada de conexão. As sensações do #dia5 me levaram a buscar compreender melhor o que havia acontecido comigo. Estava procurando meu equilíbrio. E ainda não havia encontrado.

Realizei as práticas de conexão como normalmente faço pela manhã, mas não conseguia me sentir presente como antes. Como eu pratico a escrita intuitiva, fiz algumas perguntas à minha Alma para poder entender o que havia acontecido e recebi uma resposta através de uma enorme Mensagem, que me emocionou profundamente. Esta foi a mensagem que mais mexeu com os meus sentimentos. Chorei copiosamente e fiquei tão emocionada que não consegui processar todas as informações naquele instante. (Vou deixar um resumo da Mensagem no finalzinho desse post).

Quando terminei, minha irmã me convidou para assistir a um filme. Eu adoro filmes, então pensei que seria ótimo para ajudar a restaurar completamente o meu equilíbrio. O nome do filme: A 100 Passos de um Sonho. Conta a história de uma família indiana que passa por uma perda e se estabelece em um pequeno vilarejo francês.

Amo filmes e também amo óleos essenciais. Por isso, você sempre pode encontrar um aroma especial na minha casa. Os óleos equilibram, purificam e trabalham muito bem nossa energia e estado emocional, além da saúde física. Utilizo há anos e nem tenho mais medicamentos em casa. Assim, o aroma escolhido (“aleatoriamente”, porque deixei a intuição dizer) foi Gerânio com Eucaliptos glóbulos. Nunca havia experimentado essa combinação.

O cheiro de rosas com um leve toque herbal rapidamente tomou conta do apartamento todo. Incrível! Tornou o momento perfeito, parecia que havia me transportado para a França. Sem querer dar muito spoller, o filme fala sobre o amor à culinária em meio aos dilemas e amores de seus personagens e vai mostrando aspectos do cotidiano daquele vilarejo encantador.

Esse “cotidiano” foi o que mais chamou a minha atenção, além do fato que as cenas do filme pareciam retratar a minha “Mensagem” através das imagens.

Fui assistindo e me lembrando das viagens que fiz à Europa. Particularmente me lembrei dos franceses com seus ternos e roupas formais, que saiam do trabalho para encontrar os amigos no fim do dia para um piquenique regado a vinho, baguete e queijo, bem às margens do Rio Sena. Pensei como eles mantém as cadeiras dos cafés e restaurantes voltadas para a rua, para apreciar a movimentação das pessoas. E como muitos deles vão as compras com uma sacola pequena e voltam para casa com a baguete embaixo do braço comprada na Boulangerie do bairro, parecendo completamente envolvidos apenas naquele momento (isso é real, não acontece somente nos filmes).

Me lembrei também de estar na Itália em um restaurante em Mestre – uma localidade que pertence à Veneza, mas que fica em terras firmes – e ver uma moça fechando a loja e subindo em sua bicicleta, pedalando tranquilamente de volta para casa (para casa, foi dedução da minha imaginação).

Eu sempre gostei de viajar e observar os hábitos dos moradores locais, visitar os pontos também atrativos menos óbvios e secretos da cidade para me sentir um pouco parte daquele lugar e aprender algo novo.

Então eu ouvi minha Alma sussurrar: “Da próxima vez que sair de casa, faça como os franceses”. E eu já pude me imaginar saindo de casa com a minha ecobag – por falta de uma linda cesta de compras feita de palha, como vi no filme – para fazer as compras da semana, contemplando cada coisa, olhando nos olhos das pessoas. Uma parada para um café e cumprimentando as pessoas com um aceno cordial. Isso é vida! “Meu Deus, será que eu poderia me tornar uma espécie de Amélie Poulain?”, eu ia gostar disso!!

Pensei o quanto podemos ser criativos ao desenvolver as atividades cotidianas, como cozinhar, organizar a casa, cuidar da varanda e do jardim com esse mesmo sentimento de presença, com personalidade. Afinal somos nós ali e não um dublê e em todos os momentos estamos trabalhando nossa energia e enviando uma vibração ao Universo. Não posso simplesmente ir até ali fazer isso rapidinho porque é chato. E se em um único dia estiver realizando muitas dessas atividades que consideramos necessárias, mas entediantes, que vibração estarei recebendo de volta?

Minha Alma já havia me falado sobre isso, mas o hábito é algo que pode ser desafiador para vencer. Paulistana que sempre morou em cidade grande, mesmo me achando calma, sempre encontro a “garota cheia de tarefas”, dentro de mim!

Então, às vezes é preciso passar por certas situações para “sentir” a verdadeira necessidade da mudança. É preciso ter consistência! Consistência para nos liberarmos aos poucos dos velhos hábitos e padrões e nos deixarmos inspirar e nos surpreender pela vida. Consistência na vibração. Aprender a sentir os momentos com verdadeiro estado de presença.

Eu entendi que uma Jornada é mesmo uma entrada para um mundo novo (E olha que eu tinha certeza que já estava em outro patamar e meu estado de presença era incrível. Como nos enganamos fácil!).

Desta vez, eu espero ter compreendido, o recado, ou A Mensagem, tanto em sua forma escrita quanto em filme – a versão “só faltou desenhar”, que minha Alma me enviou.

Ah! Já ia me esquecendo. Segue o resumo da Mensagem: “Todas as atividades que realizamos das mais simples à mais complexas, das “consideradas mais importantes” ou as mais cotidianas, todas elas devem ser feitas com amor e presença. E a vida se encarrega de todo o resto. Esteja “lá”para tudo o que fizer e o Universo e a sua Alma estarão também “lá”para você. Esqueça do tempo e até se perca no tempo, com tanto que esteja presente, toda a energia estará com você! E ela voltará sempre para você, porque saberá sentir o seu amor e a sua alegria. Esse processo é contínuo. Energia atrai energia.

Com todo o meu amor,

Natalia Loyola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s