Quando as coisas vão mal… Nem sempre é um mau sinal

Há momentos em que nada parece funcionar. Não nos sentimos bem, não nos sentimos motivados e parece não haver um caminho para sair disso. Nos sentimos tão solitários, perdidos e profundamente abandonados.

Sentimentos e situações extremas, por pior que possam parecer podem ser um grande portal capaz de nos transportar para um novo nível. Quem já não ouviu a expressão “quando Deus fecha uma porta, abre uma janela”? Momentos especialmente difíceis podem nos afetar principalmente em fases em que mais estamos trabalhando em uma questão, seja uma mudança pessoal, equilíbrio financeiro, novos projetos, uma cura .

Quando temos aquela sensação de que nada mais adianta porque já tentamos tudo, é exatamente nesse momento que podemos contar com uma legião de luz disposta a nos ajudar ( que eu chamo de Meu Time de Luz – que reúne todas as forças que acredito).

Por isso, é muito importante ficar alerta para percebermos cada sinal que se apresenta diante de nós – porque eles são enviados para nós!

Outro passo importante é alimentar a nossa (em qualquer coisa de bom que puder nos fortalecer e elevar nossos pensamentos, fazer brilhar nossa luz, aumentar a nossa confiança no melhor). Porque há uma forte energia que nos envolve e a grande e tão esperada “virada” pode acontecer. Ter fé quando nos sentimos bem é maravilhoso, nos mantém no caminho, mas quando nos encontramos em desafio é outra questão, é a “verdadeira prática da “, estamos falando de algo fortalecido dentro de nós, “o inabalável” que nos move para cima não importa a profundidade do poço o qual nos encontramos. Encontrar essa dentro de nós é como segurar um grande cartaz para os Anjos, nossa Alma, para Deus dizendo: “Ei! Estou pronto! Estou aberto para essa nova oportunidade! Eu confio no melhor!”.

Esses momentos – indiscutivelmente difíceis – são mágicos, são reveladores ou como podemos dizer, uma sacudida providencial pois, quando lidamos com o cotidianamente desagradável podemos continuar a “suportar coisas”, mas quando nos sentimos realmente “mal”, daquele jeito desesperador, não há como ignorar, esse sentimento que não passa nos leva a nos movermos para alguma direção, buscar algo para lidar com a dor deste incômodo. E se pudermos ver essa situação como uma abençoada oportunidade, com certeza conseguiremos ler os sinais para dessa vez nos movermos na direção certa.

Sempre que estamos em sofrimento a Alma está de prontidão. Então podemos perguntar a ela: Qual é a janela que está se abrindo para mim? O que está disponível para mim e que não posso ver ainda? A nossa Luz sempre encontrará um modo de voltar a brilhar, nem que tenha que abrir espaço através da dor. Vamos deixar a luz brilhar!

Com todo o meu amor,

Natalia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s